TANCHAGEM

TANCHAGEM

TANCHAGEM
(Plantago major).
 
 
FAMÍLIA: Plantagináceas.
 
OUTROS NOMES: Tansagem, tanchagem-maior, tranchagem.
 
DESCRIÇÃO: É uma planta vivaz, com um ramalhete de folhas grandes, radicais, longipecioladas, inteiras, ou de bordos levemente ondulados, ovaladas, percorridas por nervuras curvilíneas, salientes na proximidade da base. As flores, pequeninas, branco-amareladas, são reunidas em espigas, cuja ráquis mede até 40 cm de comprimento.
 
USO MEDICINAL: É uma planta aconselhada nos seguintes casos: ardor do estômago, afecções das vias respiratórias, diarréia, disenteria.
Em gargarejos, usa-se para combater as inflamações da boca e garganta, gengivas sangrentas, também para as anginas e parotidites. E, o que mais se deve notar, é que os gargarejos constantes com o chá desta planta fazem desaparecer a inchação das amídalas, tornando evitável a operação.
As folhas frescas, machucadas, empregadas em forma de emplastro, curam úlceras.
A tanchagem tem, outrossim, ótimo efeito purificador do sangue, pelo que se usa em todos os casos em que se necessita de um depurativo.
 
PARTE USADA: Folhas.
 
DOSE: Chás: de uso interno – 30 gramas para 1 litro de água; 3 a 4 xícaras por dia; gargarejos – 60 gramas para 1 litro de água. 

Programa Saúde Total

Levando informações aos ouvintes sobre saúde e qualidade de vida, valorizando os benefícios da natureza: ar puro, atividade física, água, luz solar, alimentação, repouso, abstinência e muito mais.